terça-feira, 15 de maio de 2007

As mãos pelos pés...

Por vezes lá acontece... tanto queremos uma coisa que acabamos por meter as mãos pelos pés.
A atrapalhação acaba por estragar tudo e um momento que deveria ter sido perfeito transforma-se num desastre completo!
E falo (escrevo) de situações comuns (como este lugar aliás). Concerteza já vos aconteceu o mesmo, como acabar uma importante conversa com o chefe com um simples "adeuzinho", cumprimentar uma pessoa que acabámos de conhecer com "hum, não és aquele... pois não?", acabar uma chamada telefónica de um desconhecido com "beijinhos" por lapso, dar um aperto de mão e deixar cair no chão tudo o que ía na outra, conceder a vez numa fila de supermercado a alguém que afinal não está grávida, mas sim gorda! Enfim, um cem número de situações...
São situações embaraçosas, em que ficamos a pensar na figura triste que fizemos e no que dávamos para voltar atrás e remediar aquele precalço.
Por vezes são episódios caricatos, em que saímos deles a conter uma gargalhada que teima em se soltar. O que torna ainda a coisa mais complicada de disfarçar!
Por vezes metemos as mãos pelos pés, faz parte!

5 comentários:

Denise disse...

O que seria da vida, se não existissem episódios assim?!

Beijinhos. - Hum... tou a despedir-me de uma pessoa desconhecida com beijinhos...

Passarei por cá mais vezes... =)

Calimera disse...

Meter o pé na pata :)
impulsos !!! agimos com o coração e não com a razão.

shadow in love disse...

Eu já aprendi a controlar esses "impulsos"... costumo pensar bem se querem que diga o que não devo... mas qdo era mais nova bem ... era a rainha... fazia sempre merda...

Brain disse...

Olá lugares,

Vim para conhecer o teu espaço e agradecer a tua visita e palavras deixadas no meu.

Dei uma vista de olhos e gostei,
Vou ficar por uns tempos.
Posso?

Beijo.

Borboleta disse...

Hoje em dia já nao me acontece tanto:) Tenho mais cuidado. Mas também já tive os meus momentos de "glória":).
Beijo.