quinta-feira, 7 de junho de 2007

Ao pé de ti...

Ao pé de ti volto a ser criança
Tens o dom de me fazeres sorrir
Despertas em mim a vontade de brincar
Ao pé de ti sinto-me protegida
Sinto que nada de mal deixarás que me aconteça
E anseio pelo aconchego do teu colo
Ao pé de ti sinto-me livre
Apetece-me andar contigo pelas ruas
Segurando a tua mão
Ao pé de ti sinto-me mulher
Quando admiras o meu corpo
E demonstras algum ciúme
Ao pé de ti sinto-me bem
Sinto-me cada vez melhor
E tenho medo de só querer estar
Ao pé de ti

2 comentários:

Borboleta disse...

Não tenhas medo... aproveita cada momento:)

Calimera disse...

E deves aproveitar cada minuto, cada segundo, não tenhas medo.